quinta-feira, 13 de junho de 2019

Cicloviajem Caminho de Santiago de Compostela - Francês 2019

Cicloviagem Caminho de Santiago de Compostela - Francês 2019.


Meu caminho ja começa aqui mesmo , em São Paulo, onde fui visitar a ACASC Associação dos Confrades e Amigos de Santiago de Compostela, onde fui retirar minha credencial e pegar a minha Concha de Vieira, simbolo do caminho , que identifica o Peregrino , no meu caso Bicigrino , rsrs


Durante meses estudei a melhor maneira de transporte e logística , então decidi que levaria minha Bike, a Janaína, então é só agora preparar a Bike , embalagens e Alforges.





Itens diversos , roupas e acessorios.


Chegado o grande dia , agora era hora de relaxar e embarcar , meu irmão e minha esposa me levaram ao aeroporto, estava um pouco apreensivo pois minha Mala-bike improvisada estava acima do tamanho padrão permitido pela compania Aérea IBÉRIA, embora o peso estivesse com exatos 22,9 kilos, o peso máximo era de 23 kilos.




Para minha surpresa , a empresa Aérea foi muito receptiva e eficiente, me encaminhando para o setor de Malas especiais, não tive o menor problema, agora é relaxar e curtir a viajem, a paisagem e um bom vinho.









Chegando em Madrid as 6hs, ja me dirigi rapidamente para o embarque para Pamplona as 8hs, de avião, e a Ibéria ja enviou a Bike diretamente para o próximo voo, o que me poupou bastante e me deu muita tranquilidade.


Chegando em Pamplona as 9h30, logo em frente ao aeroporto, peguei um ônibus  para o centro da cidade, onde na rodoviaria comprei passagem para as 14hs30 até Saint Jean Pied Port , na França.
Então tive tempo para descansar , tomar um lanche e conhecer Pamplona.
Nesta viajem tive o prazer de conhecer alguns amigos, o Pedro, ciclista brasileiro e o David, um simpatico australiano que me acompanhou até a viajem a SJPP, e durante minha estadia nessa linda cidade.




 Saint Jean Pied Port - Hostel Guite Saint Jaques.

Já no albergue em Saint Jean, fiquei no Saint Jaques Guite, e fui muito bem recebido pela simpatica francesinha do hostel , uma doçura de pessoa , muito atenciosa e dedicada, me ajudou muito , e preparou um delicioso café da manha, numa fria manha de sexta feira , onde ja com minha bike montada e ajustada, iria iniciar meu caminho, atravessando os pirineus ate Zubiri, onde planejei minha segunda estadia. Fizamizades com alguns peregrinos do hostel, alemaes e principalmente com a sul-coreana min, uma jovem e simpática peregrina, que mesmo a pé me acompanhava pela subida dos Pirineus.








A subida dos Pirineus.
Eu não poderia fazer esse caminho sem passar pelos Pirineus, e planejei esta data pois sabia que estaria permitida a passagem no inicio de maio.
Quando cheguei em SJPP, estava muito frio e havia nevado um dia antes, um grupo que segui pelos pirineus teve que passar a noite num abrigo , por causa da neve e havia previsão de se fechar a passagem pelos pirineus , o que me obrigaria ir por Valcarlos, o que eu realmente não queria.
Para minha sorte, o dia amanheceu frio mas com tempo bom e a passagem pelos Pirineus estava permitida.






Orisson

Subindo os Pirineus , a primeira parada fica em Orisson a 8 kms, local muito disputado e com uma bela vista das montanhas, parei apenas para um descanso e um café, e claro , algumas fotos.









Os Pirineus nem vou comentar de tão lindo, as imagens dizem por sí mesmo,
Muitas fotos , eu e minha companheira Janaína rsrs.













Roncesvalles.
Os Pirineus realmente me surpreendeu , lindo demais, e embora estivesse muito acostumado com MTBike, levei quase 8 horas para pedalar 28 kms, até Roncesvalles , ja na Espanha, também, ão poderia deixar de curtir o máximo este lindo lugar e tirar muitas fotos.






Almocei as 4 da tarde em Roncesvalles um Menu Peregrino, prato bem reforçado, e segui caminho pois ja estava bem atrasado , mas fisicamente muito bem .












Lintzoain - Pousada El Camino

Meus planos era chegar em Zubiri, decidi parar neste pacato vilarejo, na Pousada El Camino, que mais parece uma casa de família, onde voce  divide a casa com a família, seu belo cachorro e uma aconchegante casa , confortável e silenciosa, fui muito bem tratado pela família, dividi o quarto com um peregrino alemão, e pela manha tomei um delicioso café da manhã.








Seguindo por trilha , cheguei a Zubiri, um belo Vilarejo medieval.









Partindo de Zubiri , depois do povoado de Irots, chegando em Zabaldika há tres opções, seguir beirando o rio , por carretera ,  optei por um Caminho opcional que passava pela Igreja de Saint Esteban, o primeiro martir da igreja, lá alem da bela capela, há um lindo albergue Paroquial, tudo por trilha, muito lindo este lugar.









Em Pamplona , o imponente Baluarte de Guadalupe e o Mirador de Caballo Blanco





Portal de Francia










O Caminho e a subida do Alto do Perdon

















Uterga  Pousada Baztan 
Depois de um dia fantástico de muitas emoções e belas paisagens , decidi descansar nesta aconchegante pousada , estilo rústico e medieval, um belo Vilarejo.







Ponte la Reina




Puente e Calzada Romana em Cirauqui




O Caminho , passando por Estella  até Irache







 O Jardim das Oliveiras







O Caminho




 Los Arcos e Iglesia del Santo Sepulcro








Irache e Fuente de Vinho
















O Caminho até Logroño 







Logroño - Albergue Paroquial Santiago





Sabe quando aquilo que parece dar errado mas da certo , rsrs, então , como estava muito atrasado, resolvi forçar um pouco o pedal e embora eu fiz muitas paradas , pedalei o dia inteiro ate ao entardecer totalizando 80 quilômetros, passando por trilhas fechadas , terra e plantações, e ja estava muito cansado, sem saber ao certo onde ficar cheguei a Logroño, e bati na porta do Albergue Paroquial Santiago, e fui recebido por uma senhora muito atenciosa.
Ao abrir a porta, ela me olhou com um discreto sorriso, senti muito carinho e por essa senhora pois ela lembou muito minha mãe.
-Boa noite
-Boa noite , a senhora sabe me dizer se há vagas ou se há algum lugar para ficar por aqui?
Ela respondeu
- Sim , estamos lotados mas voce pode ficar aqui se não se importar em dormir no chão num colchonete rs.
-  Sem poblemas, a propósito, quanto é a pousada?
- Não é nada não, aqui não se paga, você é bem-vindo aqui, sinta-se acolhido.
-Muito obrigado, e a senhora sabe um local para jantar aqui por perto?
-Teremos o jantar logo depois da missa e também não se paga, o jantar sera na cozinha junto com os outros peregrinos.
-Muito obrigado, vou ficar sim , amanha acordo cedo eu acordo cedo e ja saio, e procuro um lugar para tomar cafe da manha.
-Aqui temos o café da manha também, e a saída é até as 8 horas, vamos guardar a bike e entre para te mostrar seu quarto.
Ela me levou para um grande salão, muito aconchegante com um colchonete, tomei banho fui à missa e voltei para o jantar com todos os peregrinos, fomos para a catedral, fizemos uma oração em varias línguas, com peregrinos de todas as partes do mundo, e foi nesse albergue que passei a melhor de todas as noites, muito emocionante , uma grande e inesquecível experiência.
Embora não se cobra nada nesse albergue , todos fizeram questão de deixar sua doação pelo otimo tratamento aos peregrinos.

A melhor de todas a noites



















O caminho de Logroño a Santo Domindo de la Calzada.










Santo Domingo de la Calzada - Albergue Abadia Cistercience N Sra de la Anunciacion.
Após entrada no Albergue, fui na missa na Catedral e Santo Domingo, que tem uma história muito curiosa, e um galinheiro dentro da igreja, alem de ser o local onde esta sepultado Santo Domingo.
Tinha intenção de acordar cedo e pedalar até Burgos, pois vi que a topografia seria mais plana, mas me empolguei com a bela paisagem, e não consegui pedalar muito , e parei num vilarejo chamado Cardenuela del Riopico, 17 kms antes de Burgos.












Cardenuela Riopico - Albuergue Via Minera
Albergue muito bacana,  e depois do banho um jantar com todos os peregrinos































Castrojeriz e Ruinas do Convento de Santo Antonio










Boadilos de lo Camino -Albergue En El Camino privado


Boadilos de lo Camino
Depois de Passar por Burgos e Castrojeris, cheguei em Boadilos de lo Camino, depois de um pedal longo e num dia com muitas nuvens e frio cheguei nesse albergue, e como sempre , depois do banho , um jantar delicioso com peregrinos de várias partes do mundo.








Sahagun

Saindo cedo  de Boadilla del Camino numa manha fria, o caminho agora fica bem mais plano , o que na teoria seria um dia de pedal longo e facil, mas justamente neste dia , um vento frontal muito forte, fez de um pedal que seria facil , num dos dias mais dificeis , apesar do tempo bom e sol, as paisagens sempre muito belas e passando por muitas plantaçoes e vilarejos.
Para evitar as carreteras , optei pelo caminho da Igreja de e um bonito lugar com esculturas e area de descanso , ate chegar em Sahagun onde passei a noite no Albergue Viatoris.


















Hoje saí de Astorga depois de uma noite maravilhosa nesse albergue municipal incrível Siervas de Maria, gratidão eterna, e agora cheguei em Ponferrada, e fui muito bem recebido neste albergue de peregrinos San Nicolas, maravilhoso.
As imagens do caminho e a passagem pela cruz de ferro , onde depositei minha pedra, ficarão guardadas para sempre em minha memória.


Partindo de Portomarin até Pedrouzo, uma dica aos ciclistas que gostam de MTBike, vão pelas trilhas, elas passam por muitos vilarejos, bosques e rios.
Amanhã , Santiago de Compostela .

Enfim cheguei ao meu destino .
Posso dizer que me preparei muito para esse dia, tanto físico quanto mental, mas digo que não foi fácil, pois você vai de emoções ao extremo, acorda com o frio da madrugada ate o calor do meio dia, sente a solidão das longas estradas e a grande confraternização nas pousadas, sente o aroma das plantações e eucaliptos ao cheiro de estrume de vaca nas trilhas entre os pastos.
Sente dor física mas também tem o banho relaxante e quente antes de dormir.
Enfim, ao fazer o Caminho de Santiago não existe glamour ou luxo, não é um tour pela Europa, e sim uma experiência de sentimentos sensações a flor da pele.
Uma das melhores experiências que tive em minha vida.
Valeu por me acompanharem e torcerem por mim.


1º noite- Saint Jean Pied Port - Hostel Guite Saint Jaques

2° noite Lintzoian Pousada El Camino

3º noite Uterga Albergue Baztan

4º noite Logroño - Albergue Paroquial Santiago

5º noite-  Santo Domingo de la Calzada - Albergue Abadia Cistercience N Sra de la Anunciacion.

6º noite Cardenuela Riopico - Albuergue Via Minera

7º noite Boadilos de lo Camino

8° noite Sahagun - Albergue

9º noite - Leon - Albergue Beneditinas Santa Maria de Carbajal - Paroquial

10º noite - Astorga  Albergue Siervas de Maria - Paroquial

Foncebadon - Cruz de Ferro

11° noite Ponferrada - Albergue San Nicolas - Paroquial

12º noite Cebreiro  - Albergue Municipal

13º noite  Portomarin - Albergue do Manuel

14º noite Pedrouso

15º noite Santiago de Compostela















Bom, dizem que o Caminho começa quando você decide faze-lo, então o meu começou quando recebi um convite de um amigo para fazer a Via Francisgena na Italia, mas não pude ir na época, depois , pesquisando e lendo depoimentos de varios peregrinos e ciclistas, me apaixonei pela ideia de fazer esse caminho, fiz algumas cicloviagens como circuito de Lagamar Caminho do Sal como treinamento fisico e mental para o Caminho de Santiago.
Toda decisão envolve desafios e imprevistos, dificuldades e dúvidas, e tive um ano muito dificil, com doenças na familia, crise financeira, e depois tudo planejado e acertado, pedi demissao do meu emprego 3 meses antes da viagem e agradeço muito meus patrões tanto o antigo como o atual por me incentivarem nesse desafio.